Tamanho do texto

Venda tem o objetivo de deslocar o foco da empresa para o segmento de tecnologia de fluxo, que tem tido rápido crescimento

A SPX planeja vender seu negócio de serviços automotivos à alemã Robert Bosch GmbH por US$ 1,15 bilhão em dinheiro. A venda tem o objetivo de deslocar o foco da empresa para o segmento de tecnologia de fluxo, que tem tido rápido crescimento, o que gerou valorização de 4,2% de sua ação.

Após a finalização da venda, equipamentos de fluxo -bombas, filtros e outros produtos utilizados na produção de líquidos que vão desde derivados do leite ao petróleo- representarão mais de metade da receita diversificada anual de quase US$ 5 bilhões da fabricante norte-americana. O resto terá origem em equipamentos utilizados em usinas de geração de energia e controles industriais.

A empresa utilizará os ganhos da venda para reduzir sua dívida, que havia aumentado após sua aquisição em dezembro da fabricante britânica de bombas ClydeUnion, e para a recompra de ações.

O presidente executivo Chris Kearney disse que ele pretende "desenvolver o que se tornou a base da empresa - o setor de fluxo". Vários analistas destacaram que a SPX tem um bom preço para seu negócio. A empresa disse que outros compradores potenciais do setor de automóveis haviam se mostrado interessados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.