Tamanho do texto

Ceará, Goiás e São Paulo registraram as maiores quedas em abril; na média do País, produção recuou 2,1% em relação a março

A produção industrial nacional registrou queda de 2,1% em abril, em relação a março (com ajuste sazonal), segundo dados do IBGE. No recorte por região, dos 14 locais pesquisados, 9 tiveram recuo na atividade.

As quedas foram apontadas no Ceará (-6,9%), Goiás (-5,1%), São Paulo (-3,8%) e Santa Catarina (-2,6%) que registraram recuos mais acentuados e acima da média global. Também ficaram em campo negativo Pernambuco (-2,0%), Paraná (-1,9%), região Nordeste (-1,7%), Rio Grande do Sul (-1,5%) e Minas Gerais (-1,1%).

Entre aqueles que aumentaram a produção, os avanços mais elevados ficaram com Pará (8,4%), recuperando parte da perda de 13,1% observada nos três últimos meses, e Amazonas (5,8%), após apontar recuo de 8,8% em março último. Os demais resultados positivos foram registrados por Rio de Janeiro (2,5%), Espírito Santo (1,8%) e Bahia (0,4%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.