Tamanho do texto

Entidade projeta para este ano um crescimento de 2,5% na atividade das montadoras

SÃO PAULO - A produção da indústria automobilística brasileira caiu 26% em fevereiro, chegando a 217,84 mil veículos, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Na comparação com janeiro, contudo, houve alta de 2,9% na produção das montadoras e no acumulado dos dois primeiros meses do ano, o setor fabricou 429,61 mil veículos, com queda de 19,5%.

Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que projeta para este ano um crescimento de 2,5% na produção das montadoras, para um volume recorde de 3,49 milhões de unidades.

Considerando apenas os carros de passeio e os veículos utilitários leves, a produção somou 203,52 mil unidades no mês passado, uma queda de 25,8% em relação a fevereiro de 2011.

Ainda na comparação anual, a fabricação de caminhões caiu 28,8%, para 11,97 mil unidades, enquanto a de ônibus recuou 34,3%, chegando a 2,35 mil unidades.

A Anfavea informa também que a ocupação no setor atingiu 145,28 mil empregados no mês passado, 0,2% a mais do que em janeiro.

De acordo com a entidade, a produção de máquinas agrícolas automotrizes no Brasil ficou em 6,87 mil unidades em fevereiro, resultado que corresponde a um decréscimo de 1,2% ante o mesmo período de 2011.

Nos dois primeiros meses do ano, houve um incremento de 11,4% na fabricação de máquinas agrícolas, que somou 13,65 mil unidades no período.

(Eduardo Laguna | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.