Tamanho do texto

Expectativa do Instituto Aço Brasil é que um volume de 39,4 milhões de toneladas seja produzido em 2011, um aumento de 19,8%

selo

A produção brasileira de aço bruto deve atingir o volume recorde de 39,4 milhões de toneladas em 2011, o que representa crescimento de 19,8% ante 2010, segundo o Instituto Aço Brasil (IABr). De janeiro a abril deste ano, a produção siderúrgica brasileira cresceu 7,5%, para 11,477 milhões de toneladas, de acordo com o IABr.

As vendas internas crescerão 18,6% em 2011, conforme a estimativa, para 24,6 milhões de toneladas. Conforme o IABr, o consumo aparente nacional de aço deve ser de 27,8 milhões de toneladas este ano, aumento de 6,4% ante 2010.

A expectativa do IABr é que as exportações aumentarão 42,6% em volume, para 12,8 milhões de toneladas. Em valor, a expansão deve ser de 41,4%, para US$ 8,2 bilhões.

Segundo o IABr, as importações devem cair 42,4% para 3,4 milhões de toneladas. Em valor, a queda esperada é de 43,6%, para US$ 3,1 bilhões. 

A capacidade produtiva do setor é de 47,4 milhões de toneladas de aço bruto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.