Tamanho do texto

Em volume de vendas, o crescimento registrado ficou em 21%, para 118,8 mil

A marca de carros esportivos Porsche obteve, no ano passado, marcas históricas para volume de vendas, receitas e lucro operacional, na esteira do sucesso dos modelos Cayenne e Panamera.

Em volume de vendas, o crescimento registrado pela Porsche ficou em 21%, para 118,8 mil unidades, com destaque para os dois modelos. A receita no ano fiscal ficou em 10,9 bilhões de euros, uma alta de 18% frente ao verificado no exercício anterior. E o lucro operacional alcançou 2,05 bilhões de euros, comparável a 1,67 bilhões de euros um ano antes.

“Para a Porsche, 2011 foi o mais importante ano fiscal registrado na história da companhia, não apenas por conta das vendas, mas em termos de faturamento e ganho”, destaca o presidente da montadora em relatório que acompanha o balanço financeiro, Matthias Müller. Conforme Müller, esse desempenho mostra que a montadora está na rota para atingir as ousadas metas estabelecidas na chamada “Estratégia 2018”.

Até aquele ano, a Porsche pretende se consolidar como a montadora mais rentável do mundo, com retorno operacional sobre as vendas de no mínimo 15%. Por outro lado, as vendas da companhia devem chegar a cerca de 200 mil veículos até 2018.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.