Tamanho do texto

O novo plano de investimento de cinco anos cobre o periodo de 2011 a 2015, atualizando os US$ 224 bilh?es do periodo anterior

selo

Não há uma data limite para que o conselho de administração da Petrobras aprove a mais recente revisão do plano de investimento de cinco anos da companhia, disse o ministro da Fazenda, Guido Mantega. "Não há um deadline", afirmou Mantega em entrevista concedida para o Wall Street Journal e para a Dow Jones Newswire.

"Tudo tem seu próprio tempo. Algumas vezes há pessoas que querem politizar a discussão, a qual é totalmente técnica", acrescentou Mantega. Mantega indicou que as estimativas feitas e divulgadas pela imprensa sobre o escopo das mudanças deste ano são "erradas e falsas". O novo plano de investimento de cinco anos cobre o período de 2011 a 2015, atualizando os US$ 224 bilhões que foram aprovados no ano passado para 2010 e 2014.

O ministro afirmou também ser "errôneo dizer que o número vai cair. O número não vai cair" em relação ao ano passado, afirmou Mantega. "Como é o maior investimento de portfólio do planeta, merece um profundo debate", disse Mantega. Há cerca de 680 projetos no portfólio e, segundo Mantega, normalmente é preciso que haja duas ou três reuniões para se chegar a uma conclusão sobre o plano de investimento. As informações são da Dow Jones.