Tamanho do texto

Estatal lançou o Programa Progredir para seus fornecedores; durante a fase piloto, 15 firmas tiveram crédito de de R$ 137 milhões

selo

A Petrobras estima uma redução de 20% no custo de captação de seus fornecedores com o Programa Progredir, lançado oficialmente nesta segunda-feira no Rio pelo diretor financeiro da companhia, Almir Barbassa. Durante a fase piloto do programa, 15 empresas obtiveram financiamento de R$ 137 milhões junto aos principais bancos (BB, Bradesco, Caixa, Itaú, HSBC e Santander).

O programa está baseado na concessão de crédito à cadeia de fornecedores, tendo como garantia os recebíveis a serem gerados pelos contratos de bens e serviços firmados pelos participantes da cadeia de suprimento da companhia. Os créditos não envolvem recursos da Petrobras, mas a empresa é o elemento âncora do programa, já que os recebíveis gerados por ela oferecem maior suporte e garantia à concessão de crédito para toda a sua cadeia de fornecimento.

O programa coloca à disposição fontes de financiamento de forma simples e padronizada e com menores custos para todos os fornecedores da Petrobras, diretos e indiretos, principalmente na aceleração do acesso a recursos para projetos de longo prazo. Do total do crédito fornecido, 50% dos contratos são destinados ao fornecedor direto da Petrobras e os outros 50% para outros subcontratos de elos mais distantes da cadeia produtiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.