Tamanho do texto

Avaliações iniciais indicam petróleo de alta qualidade, diz empresa

selo

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira nova descoberta de petróleo em Angola, a segunda este mês no bloco 15/06, operado pela Eni (35%), em parceria com Sonangol (15%), SSI Fifteen Limited (20%), Total (15%), Falcon Oil (5%), Statoil Angola Block 15/06 Award SA (5%) e a estatal brasileira (com 5%).

A descoberta se deu no poço Cabaça Sudeste-2, a cerca de 100 quilômetros da costa de Angola, com lâmina d'água de 470 metros. De acordo com comunicado da Petrobras, as avaliações iniciais indicam existência de petróleo de alta qualidade, "com densidade de 34º API, a vazão de aproximadamente 7 mil barris por dia".

No mesmo bloco havia sido encontrado petróleo no poço Mpungi-1, a 120 km da costa, em lâmina dágua de 1.050 metros e a uma profundidade total de 2.300 metros, com vazão superior a 6 mil barris por dia de petróleo leve.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.