Tamanho do texto

Empresa de Eike Batista aumentou de 50% para 70% sua fatia nos blocos BM-C-37 e BM-C-38, assumindo as operações

A OGX, empresa de petróleo e gás do grupo EBX, elevou de 50% para 70% sua participação nos blocos BM-C-37 e BM-C-38, localizados na Bacia de Campos, passando a se tornar operadora dos blocos. A fatia adicional foi comprada da Maersk Oil, que passa a deter os 30% restantes.

O valor do negócio não foi informado. A partir da aquisição, a companhia de Eike Batista planeja perfurar seis poços nos blocos BM-C-37 e BM-C-38, além de testar a existência de prospectos ainda não perfurados.

"Como operadores, intensificaremos a campanha de perfuração com foco na delimitação de descobertas já realizadas, bem como na perfuração de novos poços pioneiros", disse o diretor geral e de exploração da companhia, Paulo Mendonça, em fato relevante divulgado há pouco.

A OGX possui participação em sete blocos exploratórios na Bacia de Campos, que totalizam 1.177 quilômetros quadrados, sendo operadora de todos eles.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.