Tamanho do texto

Montadora espera fechar o ano com outro recorde, de 36 mil unidades vendidas, 16% a mais do que em 2010

No mês de maio, a Mercedes-Benz vendeu ao mercado brasileiro 1.785 chassis de ônibus, o maior volume mensal desde que a empresa instalou-se no país, há 54 anos. Diante do resultado, a montadora espera fechar o ano com outro recorde, de 36 mil unidades vendidas, 16% a mais do que em 2010. A alta de maio foi puxada pela demanda paulista.

O Estado respondeu por 700 chassis no mês, contra 400 no mesmo período do ano passado. "Com o aumento da tarifa, melhorou a rentabilidade das empresas, que estão renovando a frota", afirma o vice-presidente de vendas da Mercedes-Benz do Brasil, Joachim Maier. Já no acumulado do ano, a empresa vendeu 7.038 chassis, um pouco abaixo dos 7.200 de janeiro a maio de 2010.

Em 2011, a Mercedes sente que o segundo trimestre tem sido mais forte no negócio de ônibus do que o primeiro. Os resultados positivos, mesmo diante de condições de financiamento piores do que no ano passado, são para Maier um indicativo da robustez do crescimento econômico brasileiro. "Na Alemanha, nosso segundo maior mercado, nunca vendemos tantos caminhões e ônibus quanto aqui", diz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.