Tamanho do texto

Com a nova encomenda, a carteira total de encomendas da GoAir sobe para US$ 9,6 bilhões

A Airbus recebeu da companhia aérea indiana GoAir uma encomenda de US$ 7,2 bilhões (R$ 11,6 bilhões) relativa a 72 aviões, no mais recente pedido feito por empresa da terceira maior economia da Ásia.

A encomenda de jatos A320 eleva a carteira total de encomendas da GoAir para US$ 9,6 bilhões, afirmou o diretor-gerente Jeh Wadia, a jornalistas, nesta quinta-feira.

A economia indiana está crescendo a um ritmo de quase 9% o que tem impulsionado o setor aéreo em um país onde a classe média está acostumada a viajar de trem.

A maior companhia aérea privada da Índia, Jet Airways, também deve fazer um pedido de aviões à Airbus durante a Paris Air Show, que começa na próxima semana, segundo informações da imprensa.

Mais cedo neste ano, a aérea de baixo custo IndiGo fez um pedido de US$ 15,6 bilhões para a Airbus para 180 aviões, no que foi considerada como a maior encomenda de jatos na história da aviação comercial.

E em novembro, a rival SpiceJet fez acordo para comprar 30 aviões turbo-hélice da canadense Bombardier, numa encomenda de US$ 915 milhões.

"Em termos de aeronaves, vemos um tremendo potencial na Índia, que mal tem seis companhias aéreas com uma frota de 350 aviões para atender 1 bilhão de pessoas, ante uma frota atual da China de 1.100 aeronaves", disse Wadia.

A GoAir escolheu aviões A320neo da Airbus, uma versão melhorada do modelo mais vendido da fabricante europeia, que tem 150 lugares. As entregas começam em 2015.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.