Tamanho do texto

PEQUIM (Reuters) - As importações de minério de ferro pela China recuaram 2,9 por cento em abril comparadas a igual período do ano anterior, apesar de o país registrar alta de 11,6 por cento nas compras de minério acumuladas nos primeiro quatro meses do ano.

As importações da Austrália continuaram liderando o ranking com 20 milhões de toneladas em abril e 84,6 milhões de toneladas de janeiro a abril, significando queda 11,4 por cento e alta de 10,99 por cento respectivamente contra o mesmo período anterior.

PEQUIM (Reuters) - As importações de minério de ferro pela China recuaram 2,9 por cento em abril comparadas a igual período do ano anterior, apesar de o país registrar alta de 11,6 por cento nas compras de minério acumuladas nos primeiro quatro meses do ano.

As importações da Austrália continuaram liderando o ranking com 20 milhões de toneladas em abril e 84,6 milhões de toneladas de janeiro a abril, significando queda 11,4 por cento e alta de 10,99 por cento respectivamente contra o mesmo período anterior.

Já a importação de minério da Índia ganhou espaço e cresceu 15,5 por cento em abril, para 12,9 milhões de toneladas, somando 46 milhões de toneladas no primeiro quadrimestre, alta de 1,96 por cento contra igual período de 2009.

Enquanto isso a importação de minério do Brasil caiu 6,74 por cento em abril, para 11,9 milhões de toneladas, e no ano acumula alta de 22,51 por cento, totalizando 42,9 milhões de toneladas.

Abril marcou o início de um novo sistema trimestral de preços para o setor, substituindo o benchmark anual. Os ajustes de preços em 2010 chegaram a 90 por cento no segundo trimestre e segundo fontes de mercado indicam 23 por cento para o próximo trimestre.

O preço do minério brasileiro em abril, segundo dados oficiais da China, foi de 109,1 dólares a tonelada, enquanto o minério australiano custou 114,3 dólares e o da Índia, 112,6 dólares. Na média, o minério fechou o mês passado a 111,26 dólares a tonelada.

A China importa minério de mais de 30 países, sendo Austrália, Índia e Brasil os principais, responsáveis por 80 por cento do total importado pelo gigante asiático.

Em abril o volume total importado pela China foi de 55,3 milhões de toneladas. No ano até abril atingiu 210,3 milhões de toneladas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.