Tamanho do texto

Aumento da demanda foi causado pela alta no preço do álcool, que estava em entressafra; com a safra, essa procura deve diminuir

O Brasil não vai precisar importar gasolina até o fim do ano, segundo afirmou, há pouco, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, em coletiva no Congresso Brasileiro do Aço. "Nos próximos meses não teremos pressão de demanda muito grande, então, não precisaremos importar", disse.

Segundo Gabrielli, a demanda por gasolina do mercado interno cresceu 19% em 2010. No primeiro trimestre deste ano subiu muito pouco, quando ainda foi preciso importar o combustível, e "aparentemente está crescendo menos no segundo trimestre". Gabrielli afirmou que o crescimento na demanda de combustível no primeiro trimestre do ano foi causada pela alta no preço do álcool, que estava em entressafra.

Com a safra, ele afirma que o álcool recua e parte dos consumidores deixa de optar pela gasolina. De acordo com o presidente da Petrobras, a produção de combustível brasileira opera em plena capacidade, o estoque é baixo e a decisão de importar é feita no curto prazo, com base na avaliação diária do consumo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.