Tamanho do texto

Empresa reclama que valorização do real tira competitividade para expeortações

selo

A produção de etanol do Brasil deve atingir 24 bilhões de litros na safra 2012/13, de acordo com estimativa do diretor da F.O. Licht, Christoph Berg. Segundo ele, a produção da safra brasileira será ligeiramente superior aos 22,7 bilhões de litros verificados em 2011/12. As exportações brasileiras devem seguir em 2,15 bilhões de litros, mesmo patamar que os 2,05 bilhões do ano passado.

Segundo Berg, a valorização do real ante o dólar tirou a competitividade das exportações. A maior parte das exportações brasileiras será feita através de "swaps", com o Brasil exportando o etanol de cana-de-açúcar para os Estados Unidos, que pagam um prêmio por ele, e importando o etanol de milho, mais barato.

Para o diretor, o Brasil vai precisar de menos etanol importado. Ele prevê que as importações fiquem em 1,2 bilhões ante 1,52 bilhões. "O etanol vai recuperar apenas um pouco de sua competitividade nos postos, e esta demanda extra dá para ser atendida pelo aumento na produção", disse.

Berg participou da abertura da conferência internacional da F.O. Licht sobre açúcar e etanol, que começou hoje em São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.