Tamanho do texto

Na comparação entre maio de 2011 e igual mês de 2010, as exportações da Braskem tiveram alta de 21,97%

selo

A Braskem, a maior petroquímica brasileira, voltou a registrar o melhor desempenho em termos de exportação em 2011 no mês de maio. No mês em questão, as exportações da empresa totalizaram US$ 250,53 milhões (preço FOB), segundos dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O recorde anterior havia sido registrado em abril, somando US$ 218,42 milhões.

Na comparação entre maio de 2011 e igual mês de 2010, as exportações da Braskem tiveram alta de 21,97%. Em relação a abril de 2011, o crescimento foi de 14,6%. A comparação entre os meses de 2011 é parcialmente distorcida pelo menor número dias úteis em abril (19) em relação a maio (22).

O desempenho da companhia reflete a melhoria da demanda por produtos petroquímicos no mercado externo e o forte aumento dos preços da cadeia, influenciado pela alta do petróleo. No acumulado de janeiro a maio de 2011, as exportações da Braskem somaram US$ 1,010 bilhão, um ligeiro aumento de 0,53% frente ao mesmo período de 2010.

O forte desempenho em maio de 2011 permitiu à Braskem recuperar o saldo positivo no acumulado do ano. Isso porque, na comparação entre o primeiro quadrimestre de 2011 e igual intervalo de 2010, os dados da Secex reportavam uma queda de 4,97% nas vendas externas da companhia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.