Tamanho do texto

Dentre os 22 setores analisados no mês passado, 15 contrataram, 6 demitiram e 1 ficou estável

O nível de emprego na indústria de transformação paulista aumentou 0,16% em maio em relação ao mês anterior, já considerando os ajustes sazonais, informou nesta terça-feira a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Sem o ajuste sazonal, a alta foi de 0,54%.

No mês passado, foram gerados 14.500 postos de trabalho. Dentre os 22 setores analisados, 15 contrataram, 6 demitiram e 1 ficou estável.

Os segmentos industriais que mais ampliaram seu quadro de funcionários foram fabricação de coque e produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (2,4%) e produtos diversos (2,2%). Já os que mais promoveram cortes foram couros e fabricação de artigos de couro, de viagem e calçados (-3,2%) e confecção de artigos vestuários e acessórios (-0,8%).

No acumulado do ano, o indicador de emprego registra aumento de 4,50%, com a criação de 116,5 mil postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, a alta é de 3,26%, com a contratação 86 mil trabalhadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.