Tamanho do texto

Melhora na última linha do balanço foi impulsionada pelos ganhos provenientes da fornecedora de sistemas de defesa Thales

O lucro líquido da francesa Dassault Aviation avançou 10% no ano passado, para 407 milhões de euros, apesar da forte queda na receita líquida do exercício.

A melhora na última linha do balanço foi impulsionada pelos ganhos provenientes da fornecedora de sistemas de defesa Thales, da qual a Dassault detém cerca de um quarto do capital. Excluindo a participação nos ganhos da Thales, o lucro líquido da companhia francesa somou 282 milhões de euros em 2011, uma queda de 29%.

Já a receita líquida da Dassault no ano passado ficou em 3,305 bilhões de euros, uma queda de 21% na comparação com o verificado em 2010. Em comunicado, o presidente do conselho de administração do grupo, Charles Edelstenne, afirma que a significativa queda nas receitas já era esperada.

"Esse recuo resulta de um notável número menor de entregas de jatos executivos na comparação com 2010, quando a entrega do (jato comercial) Falcon alcançou um recorde", diz. Ao fim de dezembro, a carteira de pedidos ("backlog") consolidada do grupo somava 8,751 bilhões de euros, ante 9,401 bilhões um ano antes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.