Tamanho do texto

Se na China o custo da cadeia automotiva fosse de US$ 100, no Brasil seria de US$ 160 e no México seria de US$ 120, por exemplo

selo

Os custos da cadeia automotiva no Brasil chegam a ser 60% maiores do que em outros países. "Em comparação com a China, o custo no Brasil é 60% maior", afirmou nesta quarta-feira o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Belini, que apresentou um estudo de competitividade e política industrial para o setor automotivo, realizado pela PricewaterhouseCoopers a pedido da Anfavea.

Se na China um custo hipotético na indústria automotiva é de US$ 100, por exemplo, no Brasil é US$ 160, no México é US$ 120 e na Índia, de US$ 105 (considerando produtos equivalentes).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.