Tamanho do texto

Objetivo é dividir custos da operação com os fabricantes autorizados

Matte Leão: aposta na ampliação do  portfólio de bebidas
Divulgação
Matte Leão: aposta na ampliação do portfólio de bebidas
A Coca-Cola Brasil, empresa responsável pelo famoso refrigerante, negocia a venda de metade da divisão de bebidas da marca Matte Leão aos seus engarrafadores no País, segundo apurou o iG com fontes ligadas à transação.

A aquisição de 50% da Leão Junior, empresa dona da marca, faz parte de um plano de reestruturação que prevê a divisão dos custos da operação com as fabricantes autorizadas do chamado Sistema Coca-Cola.

Atualmente, a Coca-Cola possui 16 grupos autorizados, responsáveis pela a produção, o engarrafamento e a distribuição da linha de bebidas do grupo.

A Leão Junior foi adquirida pela Coca-Cola em março de 2007 e mantém uma estrutura independente. A empresa que produz chás gelados e bebidas secas (infusões com base em mate e chá) foi fundada em 1901, tinha sede em Curitiba (PR) e faturava cerca de R$ 160 milhões antes de ser vendida para a empresa americana.

A compra foi interpretada como um passo da Coca-Cola em sua estratégia de ampliação do leque de bebidas não-carbonizadas, como chás e sucos.

Procurada na sexta-feira, a Coca-Cola disse que não havia um porta-voz para comentar o assunto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.