Tamanho do texto

"As siderúrgicas chinesas não devem desistir sem lutar", afirmou Associação de Ferro e do Aço da China

selo

A China contestará a queixa da Associação Europeia de Aço (Eurofer) de que as siderúrgicas chinesas estão sendo subsidiadas no mercado europeu, afirmou o vice-secretário da Associação de Ferro e Aço da China (Cisa, em inglês), Li Xinchuang. "As siderúrgicas chinesas não devem desistir sem lutar", acrescentou.

A Eurofer apresentou na semana passada uma queixa antidumping, com a Comissão Europeia citando "evidências esmagadoras" que mostram que o aumento das importações de folhas de aço revestidas orgânicas chinesas pela União Europeia são resultado de enormes subsídios.

A queixa é a segunda apresentada pela Eurofer contra os exportadores chineses nas últimas seis semanas. A associação fez uma reclamação antidumping sobre o mesmo produto em novembro do ano passado, que resultou na abertura de uma investigação pela Comissão Europeia. A Anshan Iron & Steel Group Corp., a terceira maior siderúrgica da China em produção, afirmou que parte dos produtos de aço que fabrica poderá ser afetada por uma potencial investigação. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.