Tamanho do texto

Petroleira prevê produzir 3,3 milhões de barris de petróleo equivalente por dia

A Chevron reiterou os planos de aumentar a produção em cerca de 20% até 2017, ajudada pelos grandes projetos de gás natural liquefeito (GNL) na Austrália que devem começar a operar no início de 2014.

"São ativos de longa duração que vão gerar significante fluxo de caixa por décadas", afirmou o vice-presidente de conselho e vice-presidente executivo para upstream (exploração e produção) e gás, George Kirkland, sobre os dois projetos de GNL que juntos vão custar mais de US$ 60 bilhões.

A companhia impôs a meta de produção 3,3 milhões de barris de petróleo equivalente por dia (bdp) até 2017, considerando um preço de US$ 79 o barril, acima da previsão de 2,68 milhões de bdp para este ano.

A segunda maior companhia de petróleo dos Estados Unidos também planeja manter as refinarias em West Coast, de onde outras estão saindo, incluindo a BP, que colocou à venda a

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.