Tamanho do texto

Acordo prevê troca de oito centros de distribuição, capacidade produtiva, e participação da Sadia na Excelsior

selo

A BRF Brasil Foods e a Marfrig informam, por meio de fato relevante, que concluíram hoje o contrato de permuta de ativos anunciado em dezembro. Conforme anunciado anteriormente, a BRF permutará, entre outros bens, oito centros de distribuição; capacidade produtiva da unidade industrial de suínos em Carambeí; e a participação acionária detida pela Sadia na Excelsior, de 64,57% do capital social.

Segundo o fato relevante, serão permutados os seguintes ativos detidos pela Marfrig: a totalidade da participação acionária, direta e indireta, equivalente a 90,05% do capital social da Quickfood, sociedade sediada na Argentina; e o pagamento adicional da importância de R$ 350 milhões, dos quais R$ 100 milhões serão pagos entre os meses de junho e outubro de 2012 e o restante em 72 parcelas mensais, com juros de mercado.

Após o período de arrendamento, haverá o pagamento da importância de R$ 188 milhões em contrapartida ao exercício da opção de compra da planta industrial de suínos localizada em Carambeí, arrendada à Marfrig pela BRF, caso a referida opção venha a ser exercida pela Marfrig.

Em relação à Quickfood, a Marfrig se obrigou a adotar todas as medidas necessárias para segregar a atividade de alimentos processados (objeto da permuta) da atividade de frigoríficos que permanecerá sob o controle da Marfrig. Segundo as empresas, a implementação da transação está sujeita à condição suspensiva, que é a manifestação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), no sentido de que a transação representará o cumprimento, pela BRF e pela Sadia, das obrigações assumidas em Termo de Compromisso de Desempenho (TCD).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.