Tamanho do texto

Para governo, área de 4,8 milhões de hectares é ideal para agricultura; indústria afirma que decisão será "um desastre econômico"

selo

O governo do Estado australiano de Queensland informou que proibirá a atividade de mineração em uma área de 4,78 milhões de hectares, considerados ideais para a produção agrícola.

O anúncio provocou críticas da forte indústria mineradora local, que argumenta que a decisão será "um desastre econômico" para o Estado, rico em carvão. Além da mineração, Queensland é o maior produtor de açúcar e carnes da Austrália.

Leia também:

Desastres naturais causam a pior queda do PIB da Austrália em 20 anos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.