Tamanho do texto

Acionistas também acatam proposta de dividendos de R$ 12 bilhões

Petroleira comandada por Graça Foster vai aplicar R$ 34 bilhões em exploração e produção
AE/FABIO MOTTA
Petroleira comandada por Graça Foster vai aplicar R$ 34 bilhões em exploração e produção
A Petrobras informou no final da segunda-feira que assembleia geral ordinária de acionistas aprovou plano de investimento de R$ 58,8 bilhões em 2012 para a controladora da estatal.

Leia mais: Apesar da mobilização, minoritário da Petrobras perde

O valor, que não inclui orçamento de empresas controladas como a Transpetro, segundo a assessoria de imprensa da petrolífera, inclui R$ 55,5 bilhões em recursos próprios da Petrobras e R$ 3,3 bilhões em recursos de terceiros.

Do total dos investimentos, 59,02% destinam-se para a área de exploração e produção, 33,10% para abastecimento, 5,42% para gás e energia e 2,46% a outras áreas da empresa.

Os acionistas também aprovaram proposta de dividendos de R$ 12 bilhões relativos ao resultado de 2011, equivalente a 0,92 real por ação.

O plano de investimentos da empresa para quatro anos, aprovado e anunciado em julho de 2011 , tinha uma estimativa de um aporte de R$ 87 bilhões para 2012. Apesar do número ser superior ao aprovado na última segunda-feira, correspondia a investimentos tanto para a controladora, como para as controladas.

Para o analista corretora SLW, Eric Scott, o anúncio da última segunda-feira, aparentemente, está de acordo com os planos já anunciados anteriormente pela companhia e não deve influenciar o movimento das ações da petrolífera na Bolsa. Perto de 12h10, os papéis preferenciais da Petrobras caíam 0,57% na Bovespa, cotados em R$ 24,24, acompanhando a queda das commodities após novas preocupações com a economia chinesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.