Tamanho do texto

Segundo o governo da província de Mendoza, a mineradora brasileira não respeitou acordo sobre cronograma de investimentos

selo

A província argentina de Mendoza suspendeu o projeto da mina de potássio Rio Colorado em meio a acusações de que a mineradora Vale não respeitou um acordo sobre o cronograma de investimentos e contratação de pessoal local.

A medida será suspensa quando a Vale voltar a cumprir o acordo com a província, disse o subsecretário de hidrocarbonetos de Mendoza, Walter Vazquez, em comunicado.

A Vale deve investir cerca de US$ 5,5 bilhões (R$ 8,8 bilhões) no desenvolvimento da mina, assim como na construção de uma ferrovia e usina elétrica em Rio Colorado.

A mineradora brasileira disse no fim do ano passado que espera começar a produção da mina a um ritmo de 2,4 milhões de toneladas por ano na segunda metade de 2013. Numa segunda fase, a produção deverá ser elevada a 4,3 milhões de toneladas por ano, segundo a mineradora. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.