Tamanho do texto

Em maio, a Fitch já havia elevado rating da Ambev de 'BBB' para "A-", dois graus acima da classificação de risco do Brasil

A AmBev divulgou há pouco que a agência de classificação de risco Standard & Poor's elevou o rating de crédito corporativo da companhia de BBB+ para A-, com perspectiva estável. "A elevação foi motivada pela análise do perfil financeiro da companhia, sua forte liquidez e fluxo de caixa, fatores que ajudam a reduzir a exposição à volatilidade econômica e aos riscos dos países na América Latina", informou a AmBev.

De acordo com a agência, "o rating da Ambev reflete o forte perfil de negócios da companhia, sustentado pelo seu sólido portfólio de marcas e por perspectivas de crescimento favoráveis em seus principais mercados". A S&P acrescentou ainda que a demanda dos produtos da AmBev, pouco elástica, permite que a companhia enfrente uma eventual instabilidade em seus principais mercados, atenuando os riscos de uma exposição maior que a dos seus pares aos mercado emergentes.

Grau de investimento

A Ambev foi a primeira empresa brasileira a obter, em 2004, o status de investment grade em moeda estrangeira, justamente pela Standard & Poors. Em 2006, o mesmo reconhecimento veio da Fitch Ratings e no ano seguinte, da Moody's. Em maio desse ano, a Fitch também já havia elevado o rating da Ambev de 'BBB' para "A-". Com este rating, a Ambev está dois graus acima da classificação atual do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.