Tamanho do texto

Companhia quer fechar fornecimento de minério de ferro para grupo ítalo-argentino no Brasil

selo

A Anglo American espera fechar, ainda no primeiro trimestre deste ano, um contrato de fornecimento de minério de ferro para o grupo ítalo-argentino Techint no Brasil, informou à Agência Estado o presidente da área de minério de ferro da empresa no País, Paulo Castellari. Para atender à demanda da empresa, a Anglo teve de renegociar dois contratos que já estavam firmados com clientes no exterior quando adquiriu o projeto Minas-Rio, em 2008, que abarcavam a compra de todo o minério que será produzido.

"Trabalhamos duro para realocar (a produção) para um comprador local", disse Castellari, acrescentando que a Techint deve ficar com cerca de um quarto da produção do sistema Minas-Rio. Ele afirmou, ainda, que o cliente local tem planos de expansão. Ao falar do bom relacionamento com a empresa, o executivo destacou que, para a Anglo American, é estratégico ter um comprador cativo dentro do País.

As declarações de Castellari trazem um novo sinal de alento ao projeto de construção de uma siderúrgica pela Techint no Porto do Açu, no norte fluminense, depois que a entrada do grupo ítalo-argentino no capital da Usiminas no fim do ano passado levantou dúvidas sobre seu fôlego financeiro para bancar o novo empreendimento.

Castellari afirmou que o Brasil continuará entre as prioridades da Anglo American. "O Brasil vem sendo e vai continuar sendo uma área de foco", afirmou. Segundo ele, uma parte substancial da carteira de US$ 90 bilhões em projetos da companhia no mundo contempla o País, não apenas em minério de ferro. "O Brasil está muito bem posicionado (nessa carteira)", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.