Tamanho do texto

A pesquisa mostrou ainda que os gastos com pessoal no segmento industrial subiram de R$ 318,9 bilhões para R$ 353,5 bilhões, ou seja, 10,8%

Trabalhador no estoque da fábrica de ar-condicionado Green, em Manaus
Reuters
Trabalhador no estoque da fábrica de ar-condicionado Green, em Manaus

O número de trabalhadores empregados na indústria cresceu 1,7% entre os anos 2011 e 2012,segundo dados da Pesquisa Industrial Anual (PIA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados hoje (3). O total de ocupados na indústria chegou a 8,78 milhões em 2012.

Leia também: Mantega: crescimento da indústria aponta que economia não está parada

Apesar disso, o número médio de empregados por empresa caiu de 28 para 27 no período, já que cresceu o número de empresas cresceu em proporção maior que a de empregos (5%). “Não houve tanta demanda [por trabalhador] quanto no ano anterior. Isso fez com que a média de empregos por empresa caísse um pouco de 2011 para 2012”, disse o analista do IBGE, Denis Oliveira.

A pesquisa mostrou ainda que os gastos com pessoal no segmento industrial subiram de R$ 318,9 bilhões para R$ 353,5 bilhões, ou seja, 10,8%. Os gastos com pessoal representaram 14,4% dos custos da indústria, ligeiramente abaixo do que representavam em 2011 (14,5%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.