Tamanho do texto

No acumulado do ano até abril, o Produto Interno Bruto (PIB) paulista teve expansão de 1,6% na comparação com o mesmo período de 2012

Agência Estado

O crescimento na indústria paulista, de 2,2%, foi o maior responsável pela alta de 0,6% no PIB de SP
AE
O crescimento na indústria paulista, de 2,2%, foi o maior responsável pela alta de 0,6% no PIB de SP

O Produto Interno Bruto (PIB) do Estado de São Paulo cresceu 0,6% em abril ante março, na série livre de efeitos sazonais, divulgou nesta terça-feira a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). O crescimento na indústria, de 2,2%, foi o maior responsável por esse desempenho em abril. O setor de serviços teve alta de 0,8% e a agropecuária paulista apresentou queda de 0,2%.

No acumulado do ano até abril, o PIB paulista teve expansão de 1,6% na comparação com o mesmo período de 2012. Na avaliação de abril deste ano ante abril do ano passado, a economia paulista registrou crescimento de 4,8%, influenciada principalmente pela expansão da indústria (8,4%), dos serviços (2,9%) e da agropecuária (1,9%).

Segundo a Fundação Seade, o bom desempenho da indústria se deve ao crescimento do segmento de transformação, com destaque para farmacêutica (com expansão de 23,8% de produção física) e veículos automotores (8,3%). O setor de máquinas e equipamentos, cujo desempenho é utilizado para antecipar tendências de investimento, destaca a Fundação, teve variação positiva pelo quarto mês consecutivo (10,8%).

Veja também: Indústria comemora dólar mais alto e espera que câmbio suba mais

O PIB de São Paulo só não registrou desempenho melhor porque o setor serviços, que cresceu muito menos, responde por 57% do total. O PIB estadual representa um terço do PIB brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.