Tamanho do texto

Documento tem como base o interesse da Sinopec em estudar com a estatal a viabilidade de criação de uma joint venture entre as empresas para implementação da Refinaria Premium I

Agência Estado

Carta não é vinculante e não gera obrigação entre as partes de firmar futuros acordos comerciais ou operacionais
Thinkstock/Getty Images
Carta não é vinculante e não gera obrigação entre as partes de firmar futuros acordos comerciais ou operacionais

A Petrobras informa que celebrou, em 11 de junho, carta de intenções com a China Petrochemical Corporation Sinopec com objetivo de desenvolver estudo conjunto para o projeto da Refinariam Premium I, no Estado do Maranhão.

A carta de intenções tem como base o interesse da Sinopec em estudar conjuntamente com a Petrobras a viabilidade de eventual criação de uma joint venture entre as empresas para implementação da Refinaria Premium I.

Veja também: Petrobras faz joint venture com BTG na África

Segundo a estatal brasileira, a carta de intenções não é vinculante e não gera obrigação entre as partes de firmar futuros acordos comerciais ou operacionais após os estudos de viabilidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.