Tamanho do texto

Esta é a quinta descoberta de petróleo da empresa neste ano em águas ultraprofundas dessa Bacia, cujo campo fica a 105 quilômetros da cidade de Aracaju

Reuters

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira a descoberta de uma nova acumulação de hidrocarbonetos leves em águas ultraprofundas na bacia de Sergipe-Alagoas, de acordo com comunicado enviado ao mercado.

Petrobras tem problemas para vender ativos no Golfo do México

O potencial de volume da nova descoberta ocorrida em reservatórios da formação Calumbi, feita durante perfuração do poço 1-SES-166, não foi informado pela petrolífera estatal.

O poço faz parte do bloco SEAL-M-349, operado pela Petrobras e que tem 60% de participação da estatal. A IBV do Brasil detém o restante.

Mapa com a localização de Cumbe, nova descoberta na Bacia de Sergipe-Alagoas
Agência Petrobras
Mapa com a localização de Cumbe, nova descoberta na Bacia de Sergipe-Alagoas

"Estudos das pressões registradas nos reservatórios e amostragem de fluidos indicaram a presença de hidrocarbonetos leves", disse a empresa na nota. "O petróleo foi encontrado em reservatórios de boa qualidade, com 41 metros de espessura".

Esta é a quinta descoberta de hidrocarbonetos da empresa neste ano em águas ultraprofundas dessa Bacia.

- Fornecedores da Petrobras no Sul têm R$ 1 bi em linha exclusiva de crédito

Localizado a 105 quilômetros do município de Aracaju, na costa do Estado de Sergipe, o poço ainda está em perfuração a uma profundidade de 5.768 metros. "A companhia dará continuidade à operação de perfuração até a profundidade de 6.125 metros", acrescentou o comunicado.

(Por Sérgio Spagnuolo)


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.