Tamanho do texto

Objetivo é atrair empresas para atuar no Brasil, seja com unidades produtivas instaladas em solo brasileiro ou em parceria com empresas nacionais do setor

Agência Estado

Uma missão brasileira formada por dirigentes da Petrobras, da Transpetro e da Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore (Abenav) inicia nesta segunda-feira (10) uma visita aos principais polos produtores do setor naval no Reino Unido (Aberdeen, New Castle, Leicester, além de Londres).

Segundo comunicado da Petrobras, o objetivo da visita é apresentar a empresários ingleses a carteira da demanda brasileira de navipeças nesta década e explicar em detalhes a política de conteúdo local em vigor. Além disso, a intenção é atrair empresas para atuar no Brasil, seja com unidades produtivas instaladas em solo brasileiro ou em parceria com empresas nacionais do setor.

O coordenador executivo do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural), Paulo Sergio Rodrigues Alonso, que integrará a missão, explicou que as encomendas até 2020 incluem 48 sondas, 198 barcos de apoio, 38 plataformas de produção e 88 navios, e exigirão investimentos da ordem de US$ 103,7 bilhões.

Durante a visita, haverá espaço também para reuniões com dirigentes de indústrias produtoras de bens de interesse do Brasil (hélices, motores, módulos de acomodação de pessoas, turbinas e sistemas de posicionamento dinâmico, entre outros itens), segundo o comunicado.

Em 2013, a missão comercial brasileira também planeja visitar o Japão e a Alemanha com a mesma proposta de trabalho.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.