Tamanho do texto

Negociação que envolve R$ 562 milhões ainda depende de aprovação da ANP

A OGX, companhia de petróleo do grupo EBX, de Eike Batista, anunciou na noite desta segunda-feira a aquisição de 40% da participação da Petrobras no Bloco BS-4, localizado na Bacia de Santos, por US$ 270 milhões (R$ 562 milhões). A negociação ainda precisa de aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (“ANP”).

Mercados: OGX fecha em queda de 5,34%

“Estamos muito satisfeitos com essa aquisição, que demonstra que a OGX está atenta às oportunidades de negócio, no Brasil, que possam contribuir para o crescimento do seu portfólio", comentou Luiz Carneiro, Diretor Presidente da OGX.

Os direitos de concessão do Bloco BS-4 pertencem ao consórcio formado ainda pela Queiroz Galvão Exploração e Produção SA, com 30% de participação e operadora, e a Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda., com os 30% restantes, participações essas que permanecem inalteradas.

O Bloco BS-4 contém dois campos de óleo do pós-sal denominados Atlanta e Oliva. Os campos estão localizados a 185 km da costa brasileira em lâmina d’água de aproximadamente 1.500 metros. Os Planos de Desenvolvimento dos campos, recentemente revisados, estão em fase de análise pela ANP.

A OGX possui 28 blocos exploratórios no Brasil, nas Bacias de Campos, Santos, Espírito Santo, Pará-Maranhão e Parnaíba e 5 blocos exploratórios na Colômbia, nas Bacias de Cesar-Ranchería e Vale Inferior do Madalena.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.