Tamanho do texto

Após subir quase 4% na semana passada, preço da commodity deve cair com compradores mais cautelosos nas compras para o curto prazo

Reuters

Por Manolo Serapio Jr

CINGAPURA, 29 Out (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado spot podem diminuir nesta semana depois de subir quase 4% na semana passada, com compradores da China mais cautelosos após recomposição da demanda de curto prazo.

Contudo, a retomada gradual da demanda por aço mantém um limite para as perdas no setor.

Os preços do aço na China subiram mais de 13% ante as mínimas de setembro, refletindo a recuperação da atividade de construção por reforço nos investimentos em infraestrutura de Pequim. Mas a recuperação continua frágil, levando siderúrgicas a limitar os estoques de minério.

A referência para o minério com 62% de teor de ferro caiu 0,3% na sexta-feira, para US$ 119,60  a tonelada, de acordo com o Steel Index. No dia anterior, o preço havia atingido US$ 120, o maior valor desde o final de julho.

"Parece que US$ 120 é um nível muito delicado para siderúrgicas e os volumes comercializados foram realmente muito baixos ante a retomada até aquele nível visto na semana anterior", disse um trader de Xangai.

"Eu acho que algumas siderúrgicas já compraram carregamentos suficientes para uma ou duas semanas de estoque, por isso não estão com pressa de comprar novamente. Eu não acredito que elas queiram ver o minério perto de US$ 120, porque elas não querem perder suas margens atuais"

Os preços de minério podem cair cerca de 10% para uma média de US$ 115 até 2015 uma vez que o crescimento da China reduz a marcha, ameaçam reduzir lucros das mineradoras globais Vale, Rio Tinto e BHP Billiton, apontou pesquisa da Reuters.

(1 dólar= 6,2489 iuans)

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.