Tamanho do texto

Trabalho contra atrasos virou "guerra" na Petrobras, afirma presidente da petrolífera

Reuters

RIO DE JANEIRO, 29 Out (Reuters) - A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, disse nesta segunda-feira que o trabalho contra atrasos de projetos na empresa virou "guerra".

Leia:  Petrobras continuará a vender ativos em 2013

"Eu odeio atraso, quem trabalha comigo sabe. Virou uma guerra, uma catástrofe na Petrobras atrasar projeto... Se você atrasou, você não produz, não gera receita, e como vai ampliar os pipelines da companhia?", disse ela em evento no Rio de Janeiro.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)