Tamanho do texto

Estudo da Accenture mostra também que o país e a África do Sul são os que mais acessam a internet pelo celular no mundo

Brasil Econômico

Quando o assunto é intenção de comprar um smartphone, os brasileiros são líderes mundiais. Uma pesquisa feita pela Accenture e obtida com exclusividade pelo BRASIL ECONÔMICO mostra que 78% dos entrevistados no país querem adquirir um celular inteligente em um futuro próximo, maior percentual do mundo, seguido por Rússia, México e África do Sul.

Esses aparelhos têm se tornado o meio primário para o acesso à internet nos mercados emergentes, o que é apontado pela Accenture como uma das razões do grande interesse dos brasileiros neste tipo de produto. “Para o público de baixa renda, o celular é o primeiro ponto de acesso à web. Essa tendência começou no ano passado e está se intensificando”, diz Cristiano Dencker, líder da área de mobilidade da Accenture.

Além disso, o mercado de smartphones ainda não está maduro no país, e há espaço para um crescimento maior nas vendas que em países como Estados Unidos, por exemplo.

Os números de intenção de compra acompanham os últimos indicadores do segmento. Segundo a IDC, o mercado brasileiro de celular chegou à marca de 27,3 milhões de unidades vendidas no país durante os seis primeiros meses de 2012. Deste total, 6,8 milhões eram smartphones, um aumento de 77% em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto isso, o mercado geral de celulares sofreu queda de 16%.

E tendência é de um crescimento ainda maior nas vendas de smartphones a partir do final deste ano. Nesta semana, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que a desoneração de impostos para fabricação local de celulares inteligentes deve sair até o fim de outubro. Isso será possível a partir da inclusão desses aparelhos na Lei do Bem, criada em 2005. O ministro já declarou que a medida pode fazer com que os preços dos smartphones fiquem até 25% menores.

Com esta perspectiva, o Brasil tem sido palco de diversos lançamentos nos últimos meses. Um deles, disponibilizado na semana passada, foi o primeiro smartphone com chip Intel disponível no país, o Razr i, da Motorola.

Internet

Ainda de acordo com o estudo da Accenture, o Brasil e a África do Sul são os países que mais acessam a internet por meio de dispositivos móveis, enquanto França, Alemanha e Finlândia estão entre os que menos acessam. Dencker explica que os países desenvolvidos têm um comportamento mais “multicanal”, ou seja, possuem mais de um dispositivo para navegar na web, como PCs e tablets, e não são tão dependentes do celular.

E por falar em meios de acessar a internet, os números relacionados ao uso da TV como forma de acessar a rede no mundo impressionaram Dencker. Segundo a pesquisa, 38% dos entrevistados usaram a televisão para acessar a internet nos últimos 12 meses globalmente, número superior ao de uso do tablet, por exemplo (22%).

Leia mais notícias de economia, política e negócios no jornal Brasil Econômico

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.