Tamanho do texto

Peça publicitária foi postada no Facebook da DKT do Brasil, companhia dona da marca Prudence, no dia 16 de julho deste ano e retirada do ar cerca de duas semanas depois

Peça da campanha
Internet
Peça da campanha "Dieta do Sexo", veiculada em julho no facebook pela DKT, dona da marca de camisinha Prudence.

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) decidiu por unanimidade suspender a veiculação da campanha “Dieta do sexo”, da fabricante de camisinhas DKT Internacional, dona da marca Prudence. Na prática, porém, o efeito será nulo, uma vez que a DKT retirou a campanha do ar em julho, duas semanas depois do lançamento, por causa da polêmica.

Leia também:  Após polêmica, Prudence promete campanha contra violência sexual

O anúncio foi considerado ofensivo por muitos internautas, que viram na referência a sexo não consentido apologia ao estupro.

A empresa se defendeu, alegando que o conteúdo já circulava como viral na internet desde 2007 e que o que fez foi desenvolver uma arte para o anúncio. E pediu desculpas. "Apesar de não ser a criadora do texto, a empresa não se isenta da responsabilidade de avaliar os conteúdos publicados em sua página na rede social, e por isso lamenta a não percepção de possíveis ofensas originadas pelo material", diz comunicado.

Segundo o Conar, o julgamento foi adiante por causa no úmero de reclamações (quase mil) e para evitar qualquer possibilidade de reincidência futura. Uma vez decidida a suspensão de um anúncio, os veículos ficam proibidos de voltar a veiculá-lo.