Tamanho do texto

Leilão deve negociar 174 blocos exploratórios, a maioria em terra, segundo o governo

Reuters

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, durante entrevista coletiva
Valter Campanato/ABr
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, durante entrevista coletiva

A 11ª rodada de leilão de áreas de concessão de petróleo e gás deverá ocorrer em maio de 2013, disse o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, nesta terça-feira, em conferência de imprensa.

Com a realização da rodada, que depende da aprovação pelo Congresso da nova lei de divisão dos royalties do petróleo, o Brasil voltaria a ter uma licitação de área de petróleo, algo que não ocorre desde 2008.

A nova rodada deverá levar a leilão 174 blocos exploratórios, a maioria em terra, segundo Lobão. Os detalhes dos blocos ofertados serão divulgados nos próximos dias.

O ministro disse ainda que o governo pretende realizar, em novembro do ano que vem, a primeira rodada de petróleo com blocos do pré-sal.

"A presidente Dilma também recomendou ao MME (Ministério de Minas e Energia) que iniciasse os estudos para a realização da 1a Rodada de licitações sob o regime de partilha no mês de novembro de 2013", disse Lobão a jornalistas.

(Reportagem Leonardo Goy; Texto Fabíola Gomes)