Tamanho do texto

Porta-voz explicou que montadora realizou ajustes em função da situação tensa na Europa ocidental, mas redução não chega aos 300 mil veículos que jornal alemão havia noticiado

Reuters

A Volkswagen reduziu sua meta interna de vendas para 2012 em meio às dificuldades nos mercados europeus, mas a diminuição não chegou aos 300 mil veículos que um jornal alemão havia noticiado.

"Em função da contínua situação tensa na Europa ocidental, fizemos ligeiros ajustes, mas não na extensão especulada neste momento", afirmou nesta sexta-feira um porta-voz da maior montadora da Europa nesta sexta-feira.

LeiaVendas do grupo Volkswagen crescem 10,3% em julho

O jornal alemão Handelsblatt tinha publicado, citando fontes, que a Volkswagen, que não divulgou previsão de vendas para este ano, reduziu a meta em 300 mil veículos, para 9,4 milhões de unidades em todo o mundo.

"Os números publicados pelo Handelsblatt não têm qualquer base", acrescentou o porta-voz.

A montadora espera atingir vendas anuais de 10 milhões de veículos até 2018, acima das 8,36 milhões de unidades vendidas no ano passado.

,