Tamanho do texto

Ministro Edison Lobão havia dito que aumento do anidro para 25% ocorreria em 2012

Agência Estado

O governo ainda não tomou uma decisão a respeito do aumento da mistura de etanol anidro na gasolina, de 20% para 25%, informou nesta quinta-feira o diretor do departamento de combustíveis derivados de petróleo do Ministério de Minas e Energia (MME), Paulo Miranda. Segundo ele, o MME estuda a questão. Miranda proferiu palestra na ExpoPostos & Conveniência 2012.

O ministro de Minas e Energia, Edilson Lobão, havia dito neste mês que o aumento do anidro para 25% poderia ocorrer ainda em 2012. Mas em seguida o ministério negou a informação. O assunto está previsto para ser discutido pelo setor na próxima quarta-feira, em Brasília.

Também presente ao evento, o presidente do Sindicato dos Combustíveis (Sindicom), Alisio Vaz, disse que a greve da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nos portos preocupa, pois já falta diesel em alguns postos do Rio de Janeiro e do Paraná. O País importa diesel para suprir a demanda interna. Segundo Vaz, o consumo de diesel cresceu 7% no primeiro semestre deste ano.