Tamanho do texto

Acionistas pressionam por uma separação da divisão editorial que atravessa crescimento mais lento, depois que o escândalo de escutas telefônicas atingiu jornais britânicos do grupo

Reuters

Família Murdoch continuaria no comando da News Corp mesmo com a divisão do grupo
AP
Família Murdoch continuaria no comando da News Corp mesmo com a divisão do grupo

O controlador da News Corp, Rupert Murdoch, está avaliando dividir o grupo em duas empresas para separar as áreas de produção editorial e entretenimento, publicou o Wall Street Journal, nesta terça-feira.

Acionistas têm pressionado há algum tempo por uma separação da divisão editorial que atravessa crescimento mais lento, depois que um escândalo de escutas telefônicas atingiu os jornais britânicos do grupo. O episódio enviou ondas de choque pelo conglomerado e forçou a News Corp a cancelar sua maior aquisição até agora, do grupo de TV paga BSkyB.

Uma decisão final ainda não foi tomada, publicou o jornal que integra o grupo da News Corp, e a família Murdoch não deve perder o controle efetivo de qualquer dos negócios envolvidos se o plano for adiante.

O vice-presidente de operações da News Corp, Chase Carey, afirmou em maio que a administração e o conselho do grupo discutiram uma separação da área editorial depois de pressão de investidores, mas que não tinham qualquer plano para avançar com a ideia naquele momento.

A área de entretenimento tem ativos que geraram receitas de 23,5 bilhões de dólares no ano até junho de 2011 enquanto a divisão editorial produziu receitas de 8,8 bilhões.

(Por Kate Holton)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.