Tamanho do texto

Porsche começará a fabricar modelos Boxter e Cayman em fábricas da Volkswagen na Alemanha e envia engenheiros para treinar equipes sobre produção de carros de luxo

Reuters

BERLIM, 22 Jun (Reuters) - Apesar da dura batalha que enfrentam para concluir a tão planejada integração, Volkswagen e Porsche vão manter a produção mais integrada, o que poderá poupar centenas de milhões de euros por ano.

Questões tributárias e legais em aberto desde que as companhias deram entrada na fusão há quase três anos as fizeram mudar o foco para uma integração operacional.

Leia:  Volkswagen pode consolidar fusão com Porsche ainda neste ano

Boxter, um dos modelos Porsche que será produzidos na VW na Alemanha
Divulgação
Boxter, um dos modelos Porsche que será produzidos na VW na Alemanha

A Porsche começará em setembro a fabricar a versão modernizada do Boxster na unidade da Volkswagen em Osnabrueck (Alemanha) e no próximo ano incluirá na mesma linha de montagem a nova versão do Cayman. Esses serão os primeiros modelos da Porsche a serem totalmente montados em uma fábrica da Volkswagen.

A Porsche já começou a mandar engenheiros da tradicional base de Zuffenhausen (Stuttgart) para darem treinamento na unidade de produção em massa sobre como fabricar carros de luxo. A fabricante de carros esportivos é conhecida por técnicas de produção que companhias como Deutsche Lufthansa e ThyssenKrupp tentam imitar.

Leia:  Morre Ferdinand Alexander Porsche, criador do Porsche 911

A produção de modelos da Porsche na unidade alemã será restrita a veículos que por motivos técnicos não podem ser fabricados em Zuffenhausen.

A crescente demanda pelo modelo 911, que usa a mesma plataforma de produção do Broxster e do Cayman, está causando gargalo na principal fábrica da Porsche, onde a capacidade é de 35 mil a 40 mil veículos por ano, segundo o diretor de vendas da montadora, Bernhard Maier.

"Estamos chegando à nossa capacidade máxima", disse. "Precisamos crescer", acrescentou.

(Por Andreas Cremer)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.