Tamanho do texto

No Brasil, empresa acumula dívida de R$ 517 milhões pela compra da Frangosul

Reuters

Em crise, grupo Doux está sob proteção judicial e tem uma dívida de R$ 517 milhões no Brasil
Divulgação
Em crise, grupo Doux está sob proteção judicial e tem uma dívida de R$ 517 milhões no Brasil

O endividado grupo francês do setor de frango Doux está em busca de um comprador para assumir todo o negócio e garantir sua sobrevivência, disse um de seus administradores nesta sexta-feira.

Regis Vaillot disse em comunicado que os administradores queriam evitar o colapso da companhia e também iriam ficar abertos à possibilidade de refinanciamento do grupo, que está 80% nas mãos de seu fundador, Charles Doux.

A companhia, uma das maiores exportadoras de frango do mundo, foi colocada sob proteção judicial em 1º de junho, após dizer que havia suspendido o pagamento a credores.

O grupo havia dito anteriormente que sua dívida de 340 milhões de euros (ou R$ 880 milhões) incluía 200 milhões de euros (R$ 517 milhões) no Brasil, onde comprou a subsidiária Frangosul em 1998, e 140 milhões de euros que deve ao banco Barclays.

Nesta sexta-feira, a Doux repudiou uma matéria no jornal francês Le Monde de que planejava se dissolver.

Além de empregar 3.400 funcionários na França, a Doux também tem contratos de fornecimento com cerca de 800 criadores de aves.

(Reportagem de Pierre-Henri Allain)


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.