Tamanho do texto

Número equivale a aumento de 0,6% em relação a abril; na comparação com maio de 2011, no entanto, houve redução de 1,4%

Agência Estado

A indústria apontou ligeira recuperação na geração de vagas no mês de maio, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram criadas 21 mil vagas, número que equivalente a um aumento de 0,6% em relação a abril. Na comparação com maio de 2011, no entanto, houve redução de 1,4%, porcentual que corresponde a menos 51 mil postos de trabalho.

LeiaTaxa de desemprego em maio é de 5,8%, diz IBGE

A construção, que vinha registrando aumento de vagas, apresentou agora um recuo de 2,9% na passagem de abril para maio, porcentual que equivale a menos 55 mil trabalhadores empregados. Mas o saldo ainda é positivo na comparação com maio de 2011, quando houve avanço de 4,8% na ocupação, com a geração de 83 mil postos.

TambémEmprego na indústria cai 0,3% em abril ante março, aponta IBGE

A geração de vagas ainda ficou positiva em maio ante abril nos setores de serviços prestados a empresas (1,9%, com a criação de 68 mil postos), educação, saúde e administração pública (2,7%, com 100 mil vagas), serviços domésticos (2,6%, com 40 mil vagas), outros serviços (2,2%, com 89 mil postos) e comércio (0,4%, com mais 16 mil vagas).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.