Tamanho do texto

Quinta maior vendedora mundial de celulares pretende elevar em 10% os negócios feitos com companhias norte-americanas

A ZTE, quinta maior vendedora mundial de equipamentos de telecomunicação e quarta maior de aparelhos móveis, planeja aumentar as compras que realiza nos Estados Unidos para seus negócios em cerca de 10% anualmente, para mais de US$ 9 bilhões (R$ 18,3 bilhões) nos próximos três anos, disse um executivo nesta quarta-feira.

Veja mais:  ZTE prevê vender pelo menos o dobro de smartphones em 2012

ZTE fabricará tablets e celulares no interior de São Paulo

"Estamos colaborando com muitas companhias dos EUA e, pelo nosso atual desenvolvimento no país, nossa estimativa inicial é de que aumentaremos nossas compras nos EUA para US$ 9 bilhões em 2012 a 2014", disse David Shu, porta-voz da ZTE.

Shu disse que o valor incluei US$ 5 bilhões (R$ 10 bilhões) em negócios já assinados em fevereiro com as fabricante norte-americanas de chips Qualcomm e Broadcom nos próximos três a quatro anos.

No período anterior de três anos, de 2009 a 2011, as compras da ZTE nos EUA relacionadas a tecnologia foram de cerca de US$ 7 bilhões (R$ 14 bilhões), disse Shu à Reuters.

(Por Lee Chyen Yee)

Plano de banda larga atraiu investimento da chinesa ZTE, diz CEO

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.