Tamanho do texto

Empresa suiça comprada desenvolve instrumentos, implantes e materiais biológicos para a utilização cirúrgica

A Johnson & Johnson completou a aquisição da empresa suíça fabricante de aparelhos médicos Synthes por US$ 19,7 bilhões. Ontem, os órgãos reguladores aprovaram a operação. Sob os termos do contrato, o pagamento será feito em dinheiro e ações. A Synthes será agora integrada com a DePuy para estabelecer o braço da J&J que se chamará DePuy Synthes Companies. "A combinação das duas líderes nos permitirá servir melhor os pacientes e clínicos, trazendo inovações ao mercado em ordopedia e neurologia, e para fortalecer nossa habilidade de competir nos mercados em desenvolvimento", afirmou em nota o presidente-executivo da J&J Alex Gorsky.

Leia também:  Lucro da Johnson & Johnson sobe 12% no 1º trimestre

O último dia das operações da Synthes - listada na bolsa de valores da Suíça - foi 13 de junho. A empresa desenvolve instrumentos, implantes e materiais biológicos para a utilização cirúrgica. No Brasil, tem uma fábrica em Rio Claro (SP), focada nos aparelhos e próteses para traumas. A J&J espera que o acordo totalize de US$ 0,03 por ação a US$ 0,5 ao seu lucro neste ano. No ano passado, as vendas da americana somaram US$ 65 bilhões, alta de 5,6% ante 2010. O lucro líquido do ano somou US$ 9,7 bilhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.