Tamanho do texto

Montadora adota estratégia comercial baseada no aumento da qualidade de seus produtos, com o objetivo de vendê-los a um preço mais elevado

Upselling é um termo que define a estratégia comercial de uma marca baseada no aumento da qualidade de seus produtos, com o objetivo de vendê-los a um preço mais elevado, conquistando clientes mais abastados. Essa é a melhor palavra para expressar a opção feita no Brasil - assim como na Europa - pelas montadoras Peugeot e Citroën (que formam o grupo PSA).

A estratégia é simbolizada pelo lançamento do Peugeot 208, mas é sintetizada pelo novo Citroën DS3, um hatch premium destinado a enfrentar dois outros preciosos pequenos concorrentes: o Audi A1 e o Mini Cooper. Em Paris, o diretor de Marcas do grupo, Frédéric Saint-Geours, recebeu a reportagem para falar a respeito do upselling.

MaisPeugeot pretende cortar empregos em unidade na França

E, se evita falar em números, em investimentos e em futuros lançamentos, o executivo não hesita em defender a política de preços de sua montadora, que cobrará pelo DS3 pelo menos R$ 79,9 mil - quando o mesmo veículo custa na Europa 13,9 mil euros - ou R$ 35,8 mil.

O executivo explica que upselling no Brasil significa "lançar modelos mais identificados como top de linha, como o DS3, para a Citroën, ou o 508, para a Peugeot, ou ainda o Peugeot RCZ, que nós já lançamos e também é de luxo". "Esses carros representam um poder triplo. O primeiro é o de elevar a imagem da marca a um nível novo, superior. Em segundo, criar um preço de venda que aumenta nossa rentabilidade. E, terceiro, o que é um elemento global para a implantação da Peugeot-Citroën no Brasil, é que esses três carros fazem o upselling do conjunto de nossa linha", disse. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.