Tamanho do texto

Aquisição tornará a empresa de buscas na internet mais competitiva no mercado de computação móvel

selo

O Google concordou em adquirir a Motorola Mobility Holdings por cerca de US$ 12,5 bilhões (R$ 20,2 bilhões), em um movimento que vai tornar a empresa de buscas na internet mais competitiva no mercado de computação móvel.

O Google ofereceu US$ 40,00 por cada ação da empresa, um prêmio de 63% sobre o valor dos papéis no fechamento de sexta-feira. Às 9h15 (de Brasília), as ações da Motorola Mobility subiam 60,03% na Bolsa de Nova York, para US$ 39,16.

O acordo, que é anunciado apenas oito meses depois de uma divisão da Motorola Inc., dará ao Google o controle da carteira de patentes da Motorola Mobility depois de a empresa de buscas não conseguir comprar a carteira da Nortel Networks.

O Google, que é dono do crescente sistema operacional Android usado em milhões de telefones celulares, tem uma carteira pequena de patentes de telecomunicação e telefonia sem fio. O Google vai administrar a Motorola Mobility como um negócio separado que continuará sendo um licenciado do Android.

A empresa também informou que o Android permanecerá como uma plataforma aberta. A transação deverá ser concluída no começo de 2012 e foi aprovada pelos conselhos de diretores das duas companhias.

A Motorola Inc. foi dividida no começo deste ano em Motorola Solutions, concentrada em operações de serviços e redes, e Motorola Mobility, mais concentrada nas operações principais de fabricação de smartphones, tablets e acessórios.

No mês passado, a Motorola anunciou que teve aumento de 28% na receita no segundo trimestre deste ano. O Google, por sua vez, informou alta de 36% no lucro, com receita recorde. As informações são da Dow Jones.