Tamanho do texto

"O resultado veio em linha com a projeção inicial da entidade", que previa uma expansão de 10%

selo

As vendas do varejo para o Dia dos Namorados cresceram 10,81%, apurou a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), com base em dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O porcentual, divulgado hoje, foi calculado considerando as vendas na semana que antecedeu o dia 12 de junho. Em 2010, a CNDL havia registrado crescimento de 7,23% no período correspondente.

Segundo a CNDL, "o resultado veio em linha com a projeção inicial da entidade" (expansão de 10%) e indica que ainda não houve redução da intenção de consumo dos brasileiros, embora o poder de compra tenha diminuído, em razão da inflação, e os financiamentos estejam mais caros, por causa da alta dos juros.

"O consumo do varejo ainda não refletiu o esfriamento da demanda doméstica porque a alta de juros e a inflação tendem a comprometer mais as vendas de produtos mais caros, como automóveis, geladeira, motocicletas", afirmou, em nota, o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.