Tamanho do texto

Campanha da brasileira será destinada ao mercado local e só no segundo semestre chegará a outros países

A companhia aérea TAM apresentou nesta quarta-feira sua nova estratégia de marketing para 2012, e, apesar da campanha se estender por todo o ano, a fusão em andamento com a chilena LAN ainda não será abordada.

Leia também: TAM perde espaço para chilenos no comando da Latam

Primeiramente, a campanha da TAM será destinada ao mercado local, e somente no segundo semestre chegará a outros países, segundo a vice-presidente comercial e de marketing da empresa, Cláudia Sender. "Isso (chegada da campanha a outros países na segunda metade do ano) não tem a ver com a fusão, não há mudança de estratégia no curto prazo", afirmou a executiva a jornalistas.

"Ainda não há nenhum plano de comunicação conjunta com a LAN. Ainda são duas empresas separadas", disse. A conclusão da fusão das duas companhias aéreas, que criará a Latam, maior grupo aéreo da América Latina, está prevista para o segundo trimestre desde ano.

Entre as estratégias de marketing da TAM, que começam a ser veiculadas no próximo domingo, estão as promoções de tarifas aéreas, embora a tendência de recuperação dos yields -referência do preço das passagens- deva ser mantida.

"Promoção sempre existe, mas existem regras, como horário. Queremos promoções o ano todo, mas a tendência de recuperação dos yields deve ser mantida", afirmou o diretor comercial da TAM, Klaus Künhast.

As promoções da TAM este ano devem ser destaque para a estratégia da companhia, visto que um dos objetivos é atrair a classe C, como pessoas que nunca viajaram de avião. De acordo com estimativas da companhia, o mercado brasileiro transportou 7 milhões de passageiros que voavam pela primeira vez no ano passado.

Apesar de não divulgar o quanto será investido em marketing em 2012, a TAM informou que o montante será superior ao registrado em 2010 e 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.